Não descobri nada

Vivo um dia após o outro e não descubro nada. Aliás, volta e meia descubro novas dúvidas e é nesse momento que sinto que estou a fazer tudo certo.

Quando procuramos respostas, estamos só à procura de segurança. Quando procuramos duvidas, estamos à procura de aprender. À procura de vida. Esse acho que é o caminho. Questionar para nunca responder. Questionar para procurar e procurar. Viver.

Portanto, obrigado, Lisboa. No dia mundial dos oceanos, mostraste-me a Torre de Belém para me dizer que quem procura descobertas são os velhos do Restelo. Os descobridores são os que vão à procura de dúvidas!

Ou seja, é legítimo eu perguntar: esta será a minha terceira viagem sem viajar? Espero que sim. Mas quero continuar sem descobrir nada. Só questões

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s