Carnaval de Ovar

Carnaval de Ovar

Nunca será fácil para quem é de fora compreendê-lo. Nem é esse o objectivo. Vestir calças aos xadrez e camisas às riscas, usar óculos escuros à noite, trajar o casaco dum grupo todos os dias, durante um mês e tal, não falar de mais nada, jantar sempre juntos ao sábado, e talvez à sexta, quem sabe à quinta e até ao domingo. Passear com orgulho a presença num grupo, sabendo que há trabalho para fazer na sede, que a pressão aperta, que a família sofre, que os olhos pestanejam no emprego e as pernas latejam. Sair de casa à quinta e voltar ao domingo. Fazer uma noitada e estar desperto para desfilar logo no fim dela. Atirar os foguetes e apanhar as canas quando ficamos em primeiro, em segundo, em terceiro, em décimo ou em centésimo. Explicar que não vamos “fantasiados de quê”, que vamos a fazer um espetáculo de rua. Dar a entender que todos os caminhos se lotam de pessoas em euforia e que isto não é só um feriado ou uma tolerância de ponto, é uma forma de estar, uma época que é ansiada, uma adrenalina que não é partilhada. Correspondida, mas não partilhada. Vivida, somente!

Isto é nosso. É o nosso carnaval. O que ninguém percebe, mas admira. O que ninguém gosta, mas só até experimentar. Este grupo são os Vampiros, o meu, num ano há algum tempo ido, mas que tão grandes memórias me deixa. O valor é de todos. Todos mesmo, sem excepção. Os elementos, os apoiantes, os foliões e até os desconfiados. Todos eles fazem o Carnaval de Ovar e sem algum deles seria impossível. Portanto, não se esqueçam: desfilem, trabalhem, saiam de casa, bebam copos ou água, reclamem, digam que podia estar melhor, que antes é que era, mas nunca deixem de falar do Carnaval de Ovar. Isso é que faz de nós grandes. Os maiores!
Viva o Carnaval de Ovar!

2 thoughts on “Carnaval de Ovar

  1. Antes dos outros todos, já havia o Carnaval de Ovar, sempre feito com a prata da casa, recordo-me de ver o Grande e famoso , Vareiro, Santa Camarão, a desfilar trajado de Bé Bé. Ovar sem Carnaval, Pão de Ló ou azulejo nas fachadas das casas, seria como um jardim sem flores. Vareiros! Pelo
    Carnaval de OVAR ,sempre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s