Pedaços

Pedaços

Sou assim. Por vezes, pego numa peça de paisagem, que fotografo, e lanço-me aos pensamentos como se deles pudesse tirar a lucidez. Viajo nas linhas da imagem, como se elas não fossem o molde da minha fotografia, mas a imagem do que eu quero ser. E eu quero ser o que não sou. Toda a minha vida quis ser o que não sou.

Isso assusta, assusta muito, porque hoje quero ser o Alberto Caeiro, na natureza, e amanhã quero ser o Kurt Cobain no palco com dores de estômago. Às vezes, também quero ser o Aimar e fintar a vida sem perder o recorte técnico dos magos, dos que não se enervam quando a tempestade derroca no nosso quotidiano e não sabemos o que fazer. Eu sou assim – uma confusão. Queria não ser, mas também quero ser. Sou uma conserva de lembranças boas, embutidas numa ardósia de recordações más. Pego nas intermédias para fazer o dia-a-dia, enquanto tento olvidar as más, para me concentrar nas boas. Como todos os humanos: vivo no limbo. A linha nunca é grossa o suficiente para me deixar caminhar nela, mas também nunca é fina o suficiente para me fazer desistir da ideia de atravessá-la. O limbo, para mim, é mais um limbo. E de limbo em limbo vivo o meu dia-a-dia. Hoje quero ser bombeiro e amanhã quero ser ladrão. Depois de amanhã quero ser banqueiro e rico, para no dia seguinte querer ser poeta, como o Herberto que fugia das luzes. Hoje, porém, não sou nada. E enquanto não soubermos o que queremos ser, nada seremos. Só um amontoado de imagens belas, como esta, que fotografei no Alvão. Momentos que passam e lembranças que ficam. Caminhos que se fazem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s