Um país um tanto esquizofrénico

Paparazzi - A cantora, Dora a trabalhar no McDonalds na Avenida de Roma em Lisboa.

Comummente, criticam-se as pessoas que vivem das artes, os bom-vivants, os boémios, que nunca na vida souberam o que é trabalhar. Pintam uns quadros, escrevem uns livros, ou trauteiam umas músicas e já estão em modo de não fazer nada, os fanfarrões.

Mas depois, alguns deles, como a Dora, independentemente dos gostos musicais, assumindo que não estava assim numa situação tão calamitosa, mas que mais uns trocos davam jeito, vão trabalhar noutras coisas e são chacinados na mesma. Mérito seja feito, o pasquim do CM tem um bom papel nisto, com as fotos à falsa-fé que tão bem o caracteriza. Caçaram-na, como a uma perdiz ou a um javali, com a boca na botija. “Escândalo, Dora trabalha no McDonalds”.

Escândalo, sim, mas para os que dizem que os artistas só levam o melhor da vida. Mas, em socorro da verdade, não é isso que as pessoas pensam. É mais ao estilo do pasquim. A Dora, alguns meses depois de ser vista (flagrada – segundo o CM) a trabalhar num McDondalds, acaba por despedir-se. Motivos? Pois bem, quem não é visto não é lembrado, o que até fez com que o CM a ajudasse. Foi contratada para três meses, pela RTP. Ou ficou melhor artista por ter trabalhado no McDonalds, ou em Portugal os artistas são como os trapos velhos, esquecem-se. Segundo motivo, usando expressões da própria: tornei-me um macaco de circo. Os portugueses, mais ou menos instruídos, atiravam-lhe graçolas sem graça, arremessavam coisas para o chão e ordenavam que ela apanhasse, zombeteavam quanto baste.

Bem sei que não somos todos assim, note-se, mas enquanto tivermos um país que não sabe o que quer, só sabe o que não quer, e é o sucesso do vizinho, estaremos sempre em posição difícil para crescer, evoluir. A nova geração é instruída, mas instrução, para mal do nosso burgo, não são só canudos na mão. Isso, dos canudos, é outra coisa. Chama-se estatísticas da União Europeia. Instrução é uma coisa que se aprende em casa e se aperfeiçoa na escola. Não o contrário.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s