Democracia à Angolana

Como é linda a democracia Angolana. Um género de flor, que, no meio de uma Primavera, se consegue destacar pelas cores e odores. É uma democracia como deve ser. Senão, vejam.

Numa conferência em Lisboa, Paulo de Carvalho, professor catedrático de uma universidade de Angola, usou como prova da democracia o jornalista, e activista dos direitos humanos, Rafael Marques. Disse o senhor professor que ele ousou falar mal do sistema, mas está vivo. E se está vivo é porque existe democracia.

Que coisa linda, isto das políticas. Eu mandava lá o Machete, mas com um machado. Fazer democracia à medida dos ditadores. Igual à hipótese não usada pelos angolanos, democráticos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s