A menina Malala

A menina Malala é uma sobrevivente. Mesmo que os talibãs, esses demónios, um dia a apanhem, ela será sempre uma sobrevivente. Lutar, tão nova, por causa tão nobres, com tanto afinco, com tamanha limpidez de pensamentos e graciosidade de exposição. A cobertura mediática ajuda à causa, e só por isso acho que merecia já o Nobel da Paz. Não se deve atrasar o inevitável. Deve-se falar do que tem importância. E a Malala tem e a sua luta também.

Haja esperança no Oriente. Dê-se força a quem já tantas tem. Essas coisas de Nobel e prémios, não podem continuar a ser reconhecimentos de carreira. Por vezes, também podem ser incentivos a quem já tanto fez e ainda tanto pode fazer.

O Oriente precisa dela, mas não é só o Oriente. O mundo todo precisa. Eram necessárias Malalas por cada país. Que bonito é ver pessoas assim.

Para mim, ela já ganhou o prémio. E não foi o Nobel, foi o do reconhecimento, o da certeza que como elas há poucas. Bonitas no pensamento, majestosas na vontade e incansáveis nos bondosos e honrosos intentos! Que grande mulher, ainda menina!

Ral
http://www.bubok.pt/livros/6257/Realidades

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s