A Alemanha cansa-me

merkel, ministro das finaças alemão, austeros, enervamSabem quando escutam tanto uma voz, que só do prenúncio de ela se voltar a percutir vocês já estão a estrebuchar? Pois bem, é assim que me sinto com o alemão. Com o alemão político.

O ministro das finanças alemão não perdeu tempo, ao enviar recadinhos depois do chumbo constitucional do orçamento português. Parecia aqueles putos do ciclo a determinar ameaças veladas, aos que lhe podem causar problemas. A Alemanha política, no fundo, é isso. O puto mauzão da escola. Mas não é um puto mauzão qualquer, é o que chegou somente uns anos à frente. O que chegou de outra escola e granjeou o respeito através da cara de mau. E, como em qualquer indulgente comédia romântica, tem uma história obscura. Na prévia instituição de ensino era o que sofria bullying. Obviamente, que a anterior escola é a analogia dos anos passados, dos não muito antigos em que toda a europa andava a perdoar dívidas à Alemanha, após terem levado coça na guerra.

Se a Alemanha fosse uma pessoa, era uma pessoa de merda. Daquelas que cospe no prato que comeu, que abusa dos que estão ao seu redor, que os pisa para subir e depois se altivar. Valha-me o meu bacoco romantismo de acreditar que quem semeia ventos, normalmente, colhe tempestades. Não desejo mal a ninguém, muito menos aos alemães que não se retractam na austera postura dos seus políticos, mas raios me partam se não gostava de os ver a tombar do pedestal. A Merkel a cambiar os fatos monocromáticos pelo fato-macaco da fábrica da Baviera. Ai se eu gostava! Gostava tanto que aleija. Magoa, esta sensação de nervos que eles me provocam.

Estou farto dos políticos alemães, como estou farto das caras de coitadinhos dos nossos. Então não é que agora a culpa é de quem cumpre a lei? Vai-se a ver e ainda vai alterar a constituição, para fazer o que lhe aprouver. Diabo de anos que vivemos! Saltamos do mau ao pior, à velocidade dos dias a passar.

Para encomenda de livros, sem portes: ricardoalopes.lopes@gmail.com

Para compra directa: http://www.bubok.pt/livros/6257/Realidades

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s