Empreendedorismo – na Spark e no So Pitch

Quem assistiu ontem à reportagem da SIC, Momentos de Mudança, com o Miguel Gonçalves e a Tânia Delalande? Eu assisti e, certamente, voltarei a assistir. São estes balões, enchidos a oxigénio limpo de preconceitos, que me fazem menear.

Ainda corria o mês de Março, já o Miguel tinha feito o seu Booom, sobejamente conhecido pelo “bater punho”, no Prós e Contras. Eu, como tantos outros, não fiquei alheio. Por isso, nesse referido mês de Março, fui assistir a uma palestra sua. As coisas mudaram para mim. Abonem que não o declaro com uma leviandade espirita, de quem viu a sua vida transmutada com uma mão que se pousou na testa e fez as pernas moverem-se. Mudou-se por coisas que ouvi, por mensagens que o Miguel alocou no ar, tudo o resto é trabalho meu. Disso não duvidem, eu também não duvido. Sou modesto e gosto de sê-lo, mas humildade é entregar o mérito a que o têm, não o puxar todo para nós, e isso eu faço. Mas aqui, nesta exactidão, o mérito é meu. Eu sei e gosto de saber.

– “Nunca trabalhem para outros! Trabalhem com outros, mas sempre para vocês! Não o escondam.”

– “O momento é difícil, não vão atrás do dinheiro, vão atrás da paixão. O dinheiro será a consequência!”

Foram estas duas frases, algo óbvias, mas que ditas com aquela convicção, me mudaram o chip. Não me perguntem porquê, senti que devia acreditar e confiar nele. Eu era um teso obstinado e cheio de manias, julgava que as pessoas terminariam por me achar. Que acabaria por existir um orgia de gestores e editores a buscar-me, para eu me fazer rico e dono de uma vida de glamour. O tanas, estava bem tramado. Por isso, aquelas frases, naquele exacto momento, tiveram uma veste de verdade absoluta. Corrupiaram doidivanas dentro de mim.

Sabem o que fiz no dia a seguir? Abri a minha caixa de e-mail e disparei correio electrónico a oferecer-me gratuitamente, somente sedento de oportunidades. Quero lá saber do dinheiro, se tiver a paixão, pensei. Naquele ensejo, pela minha paixão pela escrita, estremei a minha posição para um fruto do imaginário: amor e uma cabana.  E valeu a pena.

Algum tempo depois, estava na Final do So Pitch, organizado pelo Miguel Gonçalves e pela Tânia Delalande, em conjunto com aquela malta brutal que vai do Miguel, ao Pedro, ao Tiago, passando pela Sónia e o Fred que também ampararam com afinco, entre outros. Uma experiência brutal. Dei por mim sentado na mesma mesa que o Carlos Coelho, ouvindo conselhos deles; dei por mim à conversa com o Manuel Serrão, a receber dicas; dei por mim a ouvir piadas do Alvim, sempre divertido mas ciente que precisamos de achegas; dei por mim a receber o contacto do Manuel Tavares do JN, com a promessa de falarmos – e falamos; entre tantas outras coisas, entre tantas outras pessoas. Se me perguntarem, no absoluto, se isso me mudou o emprego, eu respondo que não. Desilusão? Só para quem não sabe o que deseja. Naqueles dias que viajei pela realidade da Spark, do So Pitch, daquela gente que habita outro planeta em Braga, trouxe algo muito mais valioso.

Trouxe uma seta. Um caminho. Um destino que deixei de ter vergonha de admitir. Hoje mantenho-me teso, mas com um rumo em mente, com um depósito regado para me mexer. Já não trabalho para a nuvem, trabalho para mim. Por isso, creio que o que devo a estas pessoas, que ontem granjearam reconhecimento, é uma seta. E uma seta paga-se com caminho. Com movimentos para a frente. É isso que farei.

Parabéns, Spark. Parabéns pessoas que fazem do rosto do Miguel e da Tânia, finalmente reconhecidos. Todos, sem excepção, estão de parabéns.

ADQUIRA AQUI O MEU LIVRO: REALIDADES

Ou contacte-me pelo ricardoalopes.lopes@gmail.com, para mais informações de compra.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s