Cristiano Ronaldo, o Robocop!

Se acho que ele devia falar menos? Acho. Se acredito que podia falar melhor? Acredito. Se sinto que ele se mete em batalhas que não são dele? Sinto. Mas isso não altera o resto.

No espaço de um mês, ou pouco mais, já o vi deslocar um ombro, sem atirar a toalha ao chão, a correr para dentro de campo, a fazer golo em pleno Camp Nou e a jogar o resto do tempo com o braço pendurado, em claro esforço. Mas isso não lhe era suficiente, o raio do fenómeno, queria mais. Ontem arrecada uma cotovelada, rasga a cara, sai do campo, despe a t-shirt, é cozido ali mesmo e regressa lá para dentro. E faz o quê? Marca golo, pois claro.

Os pequeninos, aqueles muito invejosos, vão dizer: Au, deslocou! Deu um mau jeito; Txii, rasgou a cara! Foi um cortezito! Contudo, é para esses mesmos que ele se faz melhor todos os dias. Eu sou fã, não tenho outra hipótese. Jogadores fenomenais, felizmente, já vi muitos. Já assisti aquela explosão do Ronaldo brasileiro, aquela classe de lã do Zidane, aquela inteligência do Figo, aquele deslumbre do Ronaldinho, aquele critério do Iniesta e Xavi, aquela magia do Messi, porém, estirpe como esta, entrega como esta, por norma, só se vê nos que dão fruta a meio-campo ou lenha na defesa. Raramente, ou nunca, se vê um jogador que alia um entrega de ferro a uma classe de melhor do mundo. Não me lembro de nenhum. Ele é uma maravilha, é um pedaço de história viva. E, ainda assim, a maioria, dos seus conterrâneos portugueses, em vez de beber este fausto a que temos direito, prefere criticá-lo e enaltecer o dom que nasceu com o Argentino.

O da américa do sul é bom, é fora de série, nunca questionarei isso e sempre apreciarei cada jogo seu, todavia ninguém me tira da cabeça que este Ronaldo, este nosso Ronaldo, é fruto de um filme de ficção científica. É o Robocop, com categoria, do futebol.

Apreciem, suspeito que como ele nunca mais haverá. E é português, porra, não invejem! Pasmem, prezem e gratifiquem, é dos nossos e não o encapota. Diz!

Tudo o que desejarem saber sobre o meu livro – ReALidades – é só clicarem aqui, neste destacado: Livro (ReALidades) – Ricardo Alves Lopes (Ral)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s