Heróis

Na minha hora de almoço, foi impossível não reparar nas constantes notícias de incêndios. Um autêntico flagelo, ano após ano, dos dias quentes de verão. Este ano, por agora, temos a nossa solidariedade presente no Algarve e Madeira. Deixo uma palavra de força e esperança aos habitantes, familiares, amigos e todos os restantes que sairão prejudicados por estas catástrofes, por norma, pouco naturais.

No seguimento destas notícias, tenho visto, aí sim alguma novidade, uma enorme onda de reconhecimento aos bombeiros que batalham, de forma epopeica, contra estas luzes do diabo. Se de manhã falava de heróis pouco reconhecidos, no caso os idosos, o que dizer destes senhores que saltam do trabalho, deixam famílias expectantes, e vão lutar contra o monstro que ataca ferozmente as pessoas, normalmente vizinhas de matos e pinhais. Eles não se amparam, defendem os outros. Quem mais mereceria medalhas, que eles próprios? Houvesse eleições dos heróis nacionais e certamente teriam o meu voto.

Conjuntamente, chegado ao escritório, deparei-me com a triste notícia do falecimento de José Hermano Saraiva. Se com os fogos se lavram hectares de património ambiental, com este capricho do destino leva-se uma, substancial, quota de saber e cultura. Alguém, que na área das artes, cultura e história será eternamente lembrado. O meu pesar por esta perda da família, da cultura e do país, que agora fica mais pobre. Fica, assim feita, a minha singela homenagem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s