Tecnologias

Acho giro estar a escrever para vocês, a pensar em vocês, numa hora que nem imaginam se irão ler este texto. Fico logo magnetizado por estes pensamentos. Um pouco parolos, eu sei.

Escrever é um prazer indescritível, como creio que vocês começam a perceber. Não, obrigatoriamente, pela qualidade do escrevo, refiro-me mais à quantidade em que escrevo. Por agora, nunca me farto de criar, de escrever. Posso até confessar que nos dias de menor inspiração, são os dias em que mais escrevo, em que mais procuro produzir. Obrigo-me a chegar a um nível aceitável, aos meus olhos. Nem sempre consigo, claro, porém penso que isso é o maior instigador para mantermos o prazer no que fazemos. A sensação que falta sempre algo é o liquidificador do nosso desejo.

Hoje que não poderei andar pelo computador, tampouco pela net, graças às tecnologias, deixei ,desde ontem, este texto disponível para vocês. Acho isto delicioso. Sinto-me mesmo pequenino, que como já vos disse adoro. Venero tudo o que me remeta para o meu sítio, que me faça sentir o quão insignificante eu sou. Poderá, porventura, vos parecer ridículo dizê-lo, até senti-lo, mas acreditem que é dessa pequenez que vou buscar armas para gozar os prazeres da vida. Mais ainda neste caso, que posso usar, a minha pequenez, em proveito próprio. Sou um fã das tecnologias.

Bem sei a inconstância das opiniões, em relação a estas evoluções tecnológicas, no entanto para mim é muito mais solúvel a certeza das vantagens que elas trazem, do que a mesquinhice das desvantagens. Normalmente adopto uma postura, tenuemente, defensiva e pouco rígida nas opiniões que teço, contudo neste caso não consigo fazê-lo.  A informação aparece a rodos e sem triagem? Certo, mas é preferível ter muito e ter que seleccionar ou ter pouca e condicionada? Parece-me óbvia a resposta. Demasiado tempo ao computador? Acredito que também aconteça, mas será isso um problema da tecnologia ou social? Propagador de más influências? Então e não é, de igual forma, de boas? Neste caso, o problema não é a internet, é claramente a personalidade – em falta.

Peço desculpa, por este afinco em defesa das tecnologias. Estou em êxtase, por mesmo estando longe, poder estar, agora, aqui com vocês.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s