Gorila – apenas uma chiclete?

Pai, pai, eu quero!Agora estarão a pensar o que eu irei escrever sobre pastilhas elásticas, chicletes ou “chiclas”, Gorila! A resposta é simples: também não sei!

Um amigo fez-me chegar ao mail uma fotografia destas chicletes, desafiando-me a escrever sobre elas e o que elas representam para as recordações de infância. Aqui estou, perdido, sem rumo para cada palavra que escrevo, mas na busca de não defraudar quem me lançou este desafio.

“- Isso faz-te mal aos dentes, Ricardo!”

Aqui está a primeira lembrança que esta simples embalagem, repleta de saudosismos e sorrisos de memória, acarreta. Curiosamente, estas imagens não me despontam os pensamentos para a rigidez da primeira trinca que dávamos, contrastando com as mais recentes, Bubblicious, de textura mais tenra. Leva-me a viajar por outros trilhos de memória, almoços de domingo com a família, passeios na avenida junto à praia, ou simples cafés de pós almoço ou jantar, tudo isto acompanhado pelos pais.

“- Pai, pai, quero uma Gorila. Dá-me, vá lá!

– Isso faz-te mal aos dentes, Ricardo!”

A resposta de sempre, por norma seguida de um:

“- Desculpe! Dê uma “chicla” ao miúdo se não ele não se cala.”

Lá vinha ela… embrulhada num papel, com um gorila desenhado, com a sua rigidez habitual, com o seu gosto inconfundível, a morango ou menta. Porém, estava longe de imaginar que um dia teria este “gosto” a boas lembranças que hoje tem.

Yuuppiiiii!!!

Sou feliz e fui feliz. Não tenho como saber as recordações que cada um transporta da sua infância para hoje, por isso deixo as minhas, não retractando aqui a mãe, não por estar esquecida, ou por não ter um papel activo nestas lembranças, apenas porque pareceria mal. Sim, sou menino da “mamã”. Com ela não existia negociação, havia trocas de olhares… ela olhares de má, eu olhares de “carneirinho mal morto”! Penso que percebem quem, invariavelmente, vencia esses duelos de olhar! Sou filho único, sou mimado, mas acima de tudo vivo repleto de boas recordações!

Não vivemos do passado, mas vivemos com o passado!

Anúncios

2 thoughts on “Gorila – apenas uma chiclete?

  1. não esperava ver um tema aqui explorado como “chiclete”, mas até que tem conteúdo interessante, remontando lembranças de momentos de infância passados com as gorila!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s