Pssstt, psssttt… sim, tu!

É aqui que estou!

Ontem, em conversa com um amigo que procura emprego na mesma área que eu sou formado, ele dizia-me: “E tu? Quando te mandas para Lisboa? Aquilo é a tua cara, tu davas um copywriter excelente. És criativo e consegues que a leitura dos teus textos seja fácil.”

Devem estar a pensar: “Pois, ele é mesmo teu amigo!”. Não deixa de ser verdade, mas o que me ficou na retina  foi a sugestão de copywriter. Não por ter a certeza se os elogios que ele me fez são verdadeiros, mas sim pela certeza que é algo que me preenche, ou melhor, preencheria.

Eu conto-vos um segredo, que não é secreto! No decorrer da minha licenciatura sempre ambicionei/sonhei trabalhar no fascinante mundo da publicidade e comunicação. Não percebia bem em que sítio me encaixaria, sou fraco na parte gráfica, poderia tentar entrar pela parte do accounting, ou simplesmente entrar lá disposto a trabalhar e a absorver tudo em meu redor. Conseguindo assim perceber o meu rumo dentro deste segmento.

Agora será legítimo que me perguntem: “Porque não seguiste esse caminho?”. Segui até certo ponto, candidatei-me para estágio numa empresa dessa área, fui informalmente aceite, e de seguida desisti. Sabem porquê? Porque hoje estou aqui, apareceu alguém, que hoje é meu chefe e amigo, que me apresentou um projecto que me levaria além de 3 ou 6 meses de estágio. Não me mentiu, a 1 de Março faz 2 anos que entrei pela primeira vez porta a dentro em direcção a um computador, nesta empresa. Se me arrependo? Nem por um instante, tenho orgulho do que aqui já fiz, tenho amizade por quem aqui convive comigo e me respeita, da mesma forma que eu respeito. No entanto também é legítimo me perguntar: “E se eu tivesse seguido o outro caminho? Será que também teria conquistado tudo o que aqui tenho?”. O sonho mantem-se lá e foi avivado com a referência a um caminho de copywriter.

É aqui que ambiciono estar... numa secretária com vista para o Mundo!

Pssst, Pssst… sim, tu! Confesso que não sei quem és, como te chamas, como és ou o que te motiva a ler isto… de ti sei apenas o número estatístico que me diz que aqui estiveste! Seria importante para mim que desses ideias do que gostavas que eu aqui falasse, do que não gostas no que escrevo, do que gostas mais ou menos mas que achavas por bem eu mudar, ou simplesmente para eu não ligar nenhuma ás palavras do meu amigo porque não é verdade o que ele disse.

Sei que corro o risco de não obter resposta, ainda assim era importante para mim, nesta fase, perceber o que acham deste “espaço”. O que gostariam de ver mudado nele e se tinham curiosidade que eu abordasse algum tema.

Fiz este blog por mim, admito! Mas gostava que ele também fosse teu!

Anúncios

12 thoughts on “Pssstt, psssttt… sim, tu!

  1. Lololol. Após essa ” chamada de antenção” fizeste com que eu deixasse aqui um pequeno comentário ou observação.
    Como te disse no meu primeiro comentário, iria ser um seguidor atento e acredita que tenho sido, embora não o demonstre. Como referiste no post anterior em relação ás rotinas( vês como tenho seguido…), para mim também já é uma rotina vir aqui lêr este fantástico Blog,concordando mais ou menos com alguns Posts, mas sim achando-os todos interessantes e sempre construtivos.
    Mais uma vez Parabéns e espero que contuines a brindar-nos com a tua bela escrita 🙂
    Abraço
    Manel Mendes

    • Grande Manel 🙂

      Primeiro que tudo fico muito contente de saber que acompanhas, como comprova a prontidão ao meu pedido de auxílio!

      Obrigado pelo elogio, considerando os posts interessantes e construtivos, pedia só mais uma vez… se lês e concordas mais com uns do que com outros, diz-me quando discordas, principalmente! Se és meu amigo, como sei que és, se não me corrigires eu vou andar sempre enganado 😉

      Grande abraço

  2. Bem meu querido colega (sim, que “vocês” os do mkt e “nós” os de comunicação não somos ng uns sem os outros..).
    Tens mais sorte do que muitos.. do que eu, por exemplo que terminei a licenciatura há 2 anos, quase, e ainda aqui ando, a trabalhar sem ser na Área.
    Entretanto, eu que não sou de ficar a ver passar navios, lancei-me no mundo do freelancing, passo a publicidade!! 🙂
    Bem, o que quero dizer, caro colega, é que não é tarde, nunca é tarde para nada.
    E, se fores como eu, curioso e assertivo, acredito que todos os dias (ou quase) descobres algo que gostarias de fazer..

    Beijinho grande

    • Boa tarde, cara colega!

      Confirmo e assino por baixo a teoria de dependência uns dos outros e acrescentaria ainda mais uma série de áreas! Desprezo aquelas “concorrências” entre áreas de conhecimento!
      Deixa-me também dizer que admiro e respeito muito o empreendedorismo e capacidade de ajustar ás realidades. Temos que fazer pela vida, eu como dizes e bem não tenho nada do que me queixar, pelo contrário. Ainda assim existe sempre aquela necessidade, saudável, de querer sempre mais que o que temos. E sim, sou como tu! Não sei se serei tão assertivo como devia ser mas curioso sou garantidamente e constantemente me ocorrem mais coisas que gostavas de fazer… e que guardo no cantinho, desarrumado, dos sonhos!

      Beijinho e obrigado pelo feedback

  3. Tive um dejá vu! 😛 Quem sabe, não nos encontraremos um dia nas belas esplanadas do Chiado depois de um dia entusiasmante de trabalho! 😉

  4. Gostei! começando pelo título, captou facilmente a minha atenção! (também não sou muito difícil.. =P ) conteúdo interessante e muito próprio!, mas não fazia ideia que já tinhas tido uma proposta nessa área…e se foi, ou não, a decisão certa tudo o que interessa é estares satisfeito com o que alcançaste e onde estás na tua vida profissional!
    A título de uma opinião pessoal, por ti pedida, a única “falha” que posso apontar é num ou noutro post ter visto uma certa despersonalização sobre o assunto, algo que tira “pontos” ao teu blog, pelo simples facto de quem gosta de te ouvir/ler, gosta do teu toque pessoal, concordando ou não com a tua opinião. mas penso que de facto o que faz deste blog diferente de muitos outros é essa personificação muito própria do teu eu escritor.

    abraço

    • Obrigado! É isso mesmo que pretendo que façam, que me critiquem e sejam construtivos!

      Quando te referes a “despersonificação” referes-te à utilização do ‘nós’ em detrimento do ‘eu’ ou estás a referir expressões, frases ou contextos que para ti não se coadunam comigo?

      Grande abraço e mais uma vez obrigado!

      • hmm não, não é bem isso…! é a forma de escrever, não sei…por exemplo, no “agir ou reagir?planear.” o teu tipo de escrita mudou. mostrar mais factos e coisas objectivas, em vez da tua habitual opinião pessoal sobre o assunto!…é dificil de explicar, mas se leres com olhar de leitor por ex. este post e o “agir…” vais ver que entendes a diferença! ;=

  5. Acho que percebi onde queres chegar! Dou-te alguma razão, ou alias toda porque estás a falar por ti e pelo que notas ao ler. Mas em determinados momentos acaba por ser inevitável fugir a factos, posso é ter atenção e fugir a essas abordagens. Vou anotar a tua dica.

    Obrigado 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s