Tesão de escrever

– Estás a criar um bicho difícil de domar. Escrever todos os dias é arriscado! Escreve só quando tiveres tesão.

Alguém que muito respeito, num dos conselhos que me dava sobre este blogue, disse-me o que acima está citado. Agora deparo-me com esse problema de tesão. Não sei como nem porquê apetece-me escrever.

O trabalho, da mesma forma que me cansa, inspira-me. Faz-me sonhar! Isto é prenúncio que mesmo com todas as dificuldades de uma rotina sou feliz com o que faço não é? Acredito que sim.

No post de hoje de manhã falei da importância de planear, antecipei o ano que ai vem a nível profissional, levantei o véu do que vai dominar o meu quotidiano, nesta janela para o mundo que é o meu escritório. Mas e fora dele? Fora dele, sonho com tudo o que não é palpável. Com isto quero dizer que não consigo parar de sonhar, apenas não sei com o que sonho. Tenho a ambição de mais e mais e mais… apenas não sei o que me trará esse mais! Desejo que este ano a vida me continue a surpreender. Que me traga a felicidade em coisas imprevisíveis, que momentos banais se tornem inesquecíveis, que as pessoas que me rodeiam continuem a ser frequentadores assíduos e especiais da minha vida, que o sol apareça nos dias cinzentos, que a chuva atrapalhe em alguns momentos, que relaxe em outros que usufruo do conforto do lar. Sonho e sonho e continuo a sonhar.

Não me preocupo em clarificar os meus sonhos porque ai eles tornar-se-iam objectivos e assim perderiam encanto e ganhariam pressão. No trabalho defino, na vida sonho.

Desculpem-me esta fogaz necessidade de escrever. Vivemos de impulsos, eu tive um e segui-o. Assim este texto nasceu, do sentimento que me une a alguém, da necessidade que tenho de expor o que sinto e do bem que desejo a quem o mesmo me deseja.

Um dia um poeta lírico da Roma Antiga disse:

“A dificuldade desperta em nós capacidades que em circunstâncias favoráveis teriam ficado adormecidas!”

Advertisements

2 thoughts on “Tesão de escrever

  1. Depois de ler este post uma frase veio à minha memória – “o homem é do tamanho do seu sonho” – mas como não me lembrava de quem era (uma falha grave…) resolvi pesquisar! nessa pesquisa encontrei muitas mais que achei ideais para comentar aquilo que personifiquei ao lê-lo!

    “Creio que o homem sonha unicamente para não deixar de ver; pode acontecer que um dia jorre a luz interior em nós e nenhuma outra nos será mais necessária” – Johann Goethe

    “Nós somos do tecido de que são feitos os sonhos.” – William Shakespeare

    “Mais vale sonharmos a nossa vida do que vivê-la, embora vivê-la seja também sonhar.” – Marcel Proust

    Gosto de sonhar e gosto de pessoas sonhadoras, mas gosto também de pessoas racionais e objectivas, fazem-me colocar os pés assentes na terra e ver que há sonhos alcançáveis que devemos torna-los objectivos de vida, e há sonhos que são apenas para ser sonhados, sempre com esperança que um dia, como que por magia, eles se concretizem!

    Gosto de ler este blog diariamente =), faz-me pensar e ter perspectivas diferentes!

    • Zão, é um prazer enorme para mim diariamente chegar ao meu blog e ver um comentário teu.
      Tenho acesso à quantidade de visitas diárias mas que não existindo comentários são números. Sinto a falta de opiniões, não acredito que todos gostem, não acredito que todos concordem e assim fica a alegria de saber que diariamente existem pessoas a gastar tempo comigo mas simultaneamente fica o “amargo de boca” não ter como saber o que acharam quando leram. Por isso te agradeço tanto a tua partilha.

      Um enorme abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s